Mensagens

Clara | Capítulo 3

Apesar da calma que a mulher vivia atualmente, nem sempre foi assim. Outrora, a sua existência passou pela maior tempestade de sempre. Era apaixonada por Santiago. Um homem que pertencia a uma família abastada. Mas ela via para além disso. Aprendeu a dar valor ao carácter das pessoas e ele era maravilhoso. Visceralmente. Nunca quis saber do seu dinheiro nem aceitava nada que ele lhe pudesse oferecer. O que os unia era idílico. Simplesmente, mágico. Até hoje, ela pensa nele. E o seu sorriso surge, de imediato. O coração fica apertado. O que os separou foi muito mais forte. Gravíssimo. Esta situação trouxe tudo à tona, novamente. Porquê agora? Dez anos mais tarde, uma das fases mais felizes, e ao mesmo tempo, mais dolorosas voltou a surgir. Ainda custava. Magoava até ao mais ínfimo do seu ser. O pai do rapaz não a reconheceu. Só pode. E como poderia tratá-la desta maneira, mesmo sem perceber quem era? Impossível. Era surreal demais para ser verdade. Não conseguia deixar de pensar no su…

Clara | Capítulo 2

Tinha desviado o olhar por dois minutos. Quando examinou o lugar onde o idoso estava sentado, constatou que este havia desaparecido. Só conseguiu vislumbrar um papel dobrado, em cima da mesa. Nessa folha dizia: "Querida Clara, não tenho palavras para demonstrar toda a gratidão que sinto por ti. Sei que se fosse outro tipo de pessoa a encontrar-me naquela situação, viraria a cara para o outro lado. Obrigado. Foste a surpresa mais agradável que tive nos últimos anos. Aceita este presente como forma de agradecimento. Ah, e eu sei quem sou. Pensei que também soubesses e, por isso, simulei o meu esquecimento. Se algum dia precisares de mim, saberás onde encontrar-me." A acompanhar o bilhete, estava um cheque de dez mil euros. Ela não podia crer. Muito menos quando viu a assinatura que constava naquele pedaço de impresso utópico. Acreditaria em coincidências?

Clara | Capítulo 1

O dia amanheceu com cheiro de alfazema e alecrim. Clara abriu a janela e o sol encandeou-a. Decidiu calçar os ténis e correr. Sentir a brisa do mar no rosto era uma das sensações que mais apreciava. Inesperadamente, encontrou um senhor caído no passeio e apressou-se a auxiliá-lo. A idade já não ajudava e a agilidade escapara-lhe por entre os dedos. Resolveu levá-lo para sua casa e cuidar dos seus ferimentos. Por momentos, hesitou. Ouvira variadas histórias sobre maneiras estranhas de atacar mulheres jovens nas redondezas, nos últimos tempos. Mas, rapidamente, ficou convencida de que não aconteceria com ela. O homem foi simpático e parecia-lhe bastante agradecido e credível. Pouco tempo depois, percebeu que o caso era mais grave do que pensava. O nome, tal como muitas outras coisas, desapareceu. Tudo. A memória dele desvaneceu. Como voltaria para casa? Para onde? Lacrimejou. Concluiu que dirigir-se às autoridades seria o mais correto a fazer. Celeremente. Só não esperava pelo que acon…

Cinema | Chips

Imagem
Depois de ter casado, quando regressa o fim-de-semana, chegam as noites de cinema em casa. É sagrado. Uns dizem que a idade não perdoa, eu digo que não há nada melhor do que ficar no quentinho, a ver filmes. Quem concorda comigo? Este, embora tenha estreado em Março do ano passado, só o vi este ano. Já não me recordo quando. Mas foi num desses momentos de pândega no nosso lar. Não sei se conhecem mas quis partilhar com vocês porque, apesar de estar inserido no género de comédia, contém variadas lições de moral. E, pelo menos para mim, isso é muito importante numa obra cinematográfica. Fiquei, extremamente, agradada com a qualidade porque conseguimos perceber que as piadas não são forçadas, o texto é muito bem pensado. Só podia contar com a Warner Bros., não é? Apesar de só ter seis estrelas no IMDb, acho que é, imensamente, bem conseguido e inteligente. O tema inicial gira à volta da corrupção no seio da força policial mas também aborda o facto de existirem bons profissionais que arr…

Chá Para Dois | Os Contos Da Menina-Mulher

Imagem
Como se costuma dizer, mais vale tarde do que nunca. O meu querido Chá Para Dois está de volta. Demorou mas chegou. Bem, até já me sentia mal. Eu explico. Convidei a Menina-Mulher há quase quatro meses para responder às minhas perguntas e só agora fui capaz de reservar o blogue para esta princesa. Estou envergonhada. Apesar de estar a passar um momento atribulado, ela foi uma simpatia e respondeu passado um mês. A autora do blogue Os Contos Da Menina-Mulher é uma jovem de 32 anos que nos relembra que quem conta um conto, acrescenta um ponto; e ela faz questão de propagar conteúdos culturais, sobre saúde, culinária, novidades, música, entre outros. É uma página pessoal que cativa qualquer um. Só podia. Não percam tempo, visitem e sigam.
D.: Para ti, chá de... M.: Frutos Vermelhos.
D.: Qual é o teu blogue? M.: O meu blogue é o Os Contos Da Menina-Mulher. Criei-o em 2013, sempre com a intenção de contar as minhas "histórias", aproveitando que já sou uma mulher (tenho 32 anos mas p…

Chiado Books | Do Mosto À Palavra Vol. I

Imagem
As minhas pausas no blogue têm sido muito frequentes mas, confesso que, a procura de emprego e a ida a várias entrevistas que não dão em nada, tem sido frustrante. Já não publicava nada há uns dias, é verdade. Mas aproveitei o tempo para ler um pouco. Faz-me bem. Refletir. Perdoem a minha ausência; prolongada e silenciosa. Mais do que queria.

Pois bem, apresento-vos a minha última leitura. Esta obra nasceu da junção de textos que participaram num concurso em homenagem ao Alentejo. Está dividido em cento e vinte e cinco poemas e sessenta e duas prosas. Uma delas, escrita pelo nosso, tão querido amigo, Miguel Alexandre Pereira, dono do blogue Um Mar De Recordações. Admito que decidi ler este livro por incluir uma história dele mas depressa fiquei presa ao amor que os escritores têm pela terra e pelos costumes, cheiros, comidas, vinhos e paisagens. A qualidade literária é inegável. Já para não falar que o livro está, perfeitamente, organizado pelas iniciais dos nomes dos autores. Deixa-n…

Éclatant

Imagem
Como já devem ter reparado, ando numa maré; um tanto ou quanto; consumista, mas há fases assim. Em que nos falta tudo e mais um pouco. Quando isso acontece, temos de procurar o melhor e o mais barato. Assim fiz. Já conhecem a Éclatant? Eu não conhecia mas fiquei muito curiosa com a grande variedade de produtos e a promessa de artigos originais, com entregas rapidíssimas. O que pode ser melhor do que comprar tudo aquilo que já conhecemos e usamos, sem termos de sair de casa? Desde perfumes, cosmética, maquilhagem, produtos para o cabelo, linhas de banho, solares, entre outros itens; muitos deles que nem sabíamos que existiam ou que não encontramos nas lojas físicas. Se quiserem, também podem comprar óculos de sol. A diversidade é gigantesca. Só para terem uma noção, só neste site, eu consegui adquirir pensos diários, champô, reparador para o cabelo, gel de banho, esponja desmaquilhante, toalhitas esfoliantes, giletes, desodorizante, removedor de verniz e toalhitas para os óculos. Sem …